PENTHESILIA, dança solitária para uma heroína apaixonada

Procuramos cerca de 30 intérpretes voluntários para este espetáculo de Martim Pedroso que estreia a 30 de Junho no Centro Cultural Vila Flor. O trabalho sobre a tradição é o ponto de partida do workshop que tem a duração de três semanas, incluindo os ensaios e a apresentação final.

O workshop, orientado pelo encenador Martim Pedroso e pelo coreógrafo Stefano Mazzotta, convida a participação dos estudantes de teatro, dança, performance e música e associações culturais/desportivas da cidade de Guimarães para um trabalho performativo intensivo focado no Coro de Amazonas e Gregos da obra.

A nova criação de Martim Pedroso revisita a “Penthesilea” de Heinrich von Kleist a três línguas (português, italiano e alemão). Explora a impossibilidade de encontro entre duas entidades culturais, assim como com os dois planos eternamente conflituais: o da razão e o da emoção, nomeadamente na figura da heroína que reúne diversas entidades, forças e contradições num mesmo corpo.

Continue reading “PENTHESILIA, dança solitária para uma heroína apaixonada”

Mais de 11.000 pessoas responderam ao apelo da Guimarães 2018 Capital Europeia da Cultura

Este fim de semana, mais de 11.000 pessoas vieram assistir às propostas da Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura.

O Concerto “Expensive Soul – Symphonic Experience”, que reuniu em palco a Fundação Orquestra Estúdio e os Expensive Soul, contou ainda com a participação de um coro de 100 vozes da região, selecionadas através de um casting, e de um grupo de duas dezenas de “Velhos Nicolinos”. Com mais de 6.000 bilhetes vendidos, o Pavilhão Multiusos vibrou com a força sinfónica e o contágio entre sonoridades distintas. Os arranjos e orquestrações ficaram sob a alçada do maestro Rui Massena, também responsável pela direção dos músicos e programador da área de Música da Capital Europeia da Cultura.

Continue reading “Mais de 11.000 pessoas responderam ao apelo da Guimarães 2018 Capital Europeia da Cultura”